Implantes Dentários

 

Reabilitação por implantes modernos que aceleram a osseointegração dos implantes ao osso por tecnologia de última geração, garantindo até metade do tempo clínico.


Implantes Dentários

O Implante Dentário é uma estrutura metálica de titânio (metal biologicamente compatível) que têm forma de parafuso, é instalado no osso maxilar e/ou mandíbular como substituto da raiz dentária perdida. Este equivale a pilares de sustentação de um edifício (fundação).

Sobre este pilar de titânio, será confeccionada a prótese dentária (coroa) que devolverá o elemento perdido para o restabelecimento da função mastigatória e da estética do sorriso, ao paciente.

Os implantes são osseointregrados, ou sejam, unem-se aos ossos de maneira perfeita e definitiva, sem qualquer rejeição pelo organismo, esse processo fisiológico leva cerca de 4 a 6 meses, dependendo da região óssea instalada.

Fases do Implante

1º) Instalação do implante, cirurgicamente (utiliza-se motor cirúrgico 100% silencioso).

2º) Aguardar o processo de osseointegração (pode variar de quatro a seis meses).

3º) Reabertura: Troca-se o parafuso de cobertura do implante (cover) por um parafuso cicatrizador, que tem a função de cicatrizar a gengiva ao redor da cabeça do implante.

4º) Após 30 dias, realiza-se a moldagem de transferência do implante e os modelos obtidos são enviados para confecção da prótese planejada.

5ª) Instalação da prótese(coroa) sobre o implante.


Implantes Unitites

Recuperação rápida em até metade do tempo* com uma tecnologia moderna e revolucionária.

Da sinergia entre exclusiva macrogeometria e a mais avançada nanoativação de superfície surgiu o Unitite*, uma linha de implantes que tem revolucionado o mercado mundial por sua originalidade, inovação e altíssimo desempenho.

Considerado um dos melhores implantes da atualidade, o Unitite oferece benefícios como:

Simplificação do procedimento cirúrgirco
Reduz tempo de tratamento
Redução do trauma pós-operatório
Alta estabilidade primária
Ossointegração acelerada

Protocolo Branemark

Esse tratamento proporciona uma reabilitação total ao paciente que perdeu todos os dentes e sofre com a reabsorção óssea.

A prótese tipo Protocolo Branemark consiste na reabilitação total de pacientes que perderam seus dentes há muitos anos e que possuem sua parte óssea prejudicada. Esta técnica teve início nos anos 60, mas em 1969 ela foi otimizada para próteses fixas.

O tratamento de Branemark é caracterizado em duas etapas, cirúrgica e protética, com intervalos de quatro a seis meses para mandíbula e maxila. Mas, atualmente com os avanços alcançados pela odontologia é possível realizar a reabilitação e entrega da prótese em 72 horas.

São instalados de 5 a 6 implantes na arcada maxilar e/ou mandibular e sobre eles são confeccionadas uma prótese total. Substituem todos os dentes perdidos (de molar a molar) de uma mesma arcada dentária.

Criada pelo cientista e Doutor Per-Igvar Brånemark revolucionou a odontologia mundial.

Carga Imediata: Aquela em que a prótese é instala em até 72 horas após a cirurgia de implantes. Proporciona reabilitação rápida, Depende da qualidade óssea e do travamento primário dos implantes.

Carga Tardia: Aquela em que a prótese é instalada após o período de ósseo integração (4 a 6 meses). Nesse período o paciente utiliza uma prótese total provisória.

O Protocolo de Brånemark é um tratamento definitivo de sucesso e grande durabilidade.

Indicação: Pacientes totalmente desdentados; Pacientes que possuem alguns dentes remanescentes anteriores, e que apenas possuem altura óssea justamente nessa região.

Vantagens:

Mantém o céu da boca livre, o que não ocorre com as próteses móveis, tipo dentaduras, aumentando o conforto.
Melhora na aparência e no sorriso do paciente.
Melhora o paladar dos alimentos.
Melhora a auto estima do paciente.
Evita com que a pessoa aparente ser mais velha, o que ocorre quando os músculos faciais caiem.
Oferece completa estabilidade, garantindo mais qualidade e segurança na mastigação e na fala.
Melhora a capacidade fonética, a mastigação e a deglutição.

Enxerto Ósseo

São indicados nos casos em que a região a ser instalado o implante dentário não tem altura e/ou espessura óssea adequadas.

Podem ser Enxertos Autógenos os que são retirados do próprio paciente ou Enxertos Alógenos, retirados dá mesma espécie adquiridos por banco de ossos. Ou ainda os Xenógenos, vindos de outra espécie. Um dos mais pesquisados e populares é o de origem bovina.

Todos os enxertos Ósseos têm suas indicações, vantagens e desvantagens.

Necessária avaliação clínica e tomográfica.

Consulte um especialista no assunto, ele indicará o melhor para o seu caso!


 

Quer transformar o seu sorriso?
Agende sua consulta hoje mesmo!


Agendar Horário
 

Quer transformar o seu sorriso?
Agende sua consulta hoje mesmo!


Agendar Horário